Buscar
  • Home Sale by HomeOffice

Emagreça como nunca

A ideia de comer quanto quiser, o alimento que quiser e de que, na verdade, ascalorias não importam no longo prazo contraria tudo o que já ouvimos falar sobre emagrecimento. Mas, novamente, veja os indícios: mais de dois em cada cinco americanos afirmam estar seguindo uma dieta no momento. Os americanos gastam mais de US$67 bilhões anualmente com livros sobre dietas, programas de emagrecimento e academias. Mesmo assim, dois em cada três americanos adultos estão acima do peso ou obesos. Obviamente, o que aprendemos sobre emagrecimento simplesmente está errado e todas as dietas que seguimos, em última análise, também. Bem, isso tudo está prestesa mudar. Todas as dietas que existem por aí podem ser classificadas em um dos dois tipos:dietas de restriçãocalórica e dietas de restriçãode alimentos. As dietas de restrição calórica são as mais antigas, aquelas em que você abastecia as despensas com bolachas de arroz, queijocottage e refrigerante diet. Contanto que consumisse menoscalorias do que seu corpogastava todos os dias, emagreceria. A ciência afirmavaque, afinal, esse era o segredo para o emagrecimento. Mas as dietas de restrição calórica não funcionam, por um simples fato: somos o que somos – instáveis, falíveis, humanos. É claro que, se você tiver a força de Nelson Mandela e a resistência do nadador Michael Phelps, não terá dificuldade de resistir ao cheiro do pão quentinho, de uma picanha assando na churrasqueira e da pizza que parece ter acabado de sair do forno no restaurante ao lado enquantovocê assiste ao jogo de futebol. Mas, em geral,as dietas de


restrição calórica fracassam porque a determinação acaba e o passo seguinte é cair de boca na caixa de bombom. A longo prazo, essas dietas tradicionais não funcionam.

A Dieta das 8 Horas é diferente porque você pode consumir quantascalorias quiser. Isso mesmo: em um estudo realizado no Centro Beltsville de Pesquisa em Nutrição Humana, cientistas descobriram que consumir o mesmo número de calorias, mas em um período limitado, provocava “uma mudança significativa da composição corporal,incluindo reduções na massa gorda”.

As dietas de restrição de alimentos são a nova maneira de emagrecer. Comao que quiser, mas não carboidratos. Nem gordura. Nem carne. Nem laticínios. Nem alimentos com alto índice glicêmico. Nem alimentos que os homenspaleolíticos não comiam.Nem alimentos que não sejam “integrais”. Nem alimentos com um furo no meio. Do iogurte à batata-doce, alguém, em algum lugar, dirá que, se você não comer essas coisas, ou se comê-las apenas em combinação com determinados alimentos, ficará bem.

Dietas diferentes, mesmo resultado: você pode tentar viver de bife e ovos, mas em algum momento precisará comer uma fatia de pão. E um pouco de manteiga. Ou seja: a longo prazo,essas dietas da moda tambémnão funcionam.

A Dieta das 8 Horas é diferente porque você pode comer qualquer tipo de alimento que quiser, na quantidade que quiser. Segundo os pesquisadores do Regulatory BiologyLaboratory, no InstitutoSalk de Estudos Biológicos, “quando comemos pode ser tão importante quanto o que comemos”. Eles depararam pela primeira vez com essa descoberta extraordinária em estudos feitos com animais.Quando deixaram os camundongos comeremo que quisessem, mas apenas durante um determinado período, eles emagreceram. Quando submeteram os camundongos a uma dieta restritiva e os alimentaram o dia todo, eles engordaram. A surpreendente conclusão: você pode comer o que quiser porque,ao limitar o período duranteo qual se consome alimentos, aumenta o número de calorias – principalmente de calorias de gordura – que o corpo queimaao longo do dia.



É por isso que a Dieta das 8 Horas é uma mudança de paradigma. O programa dispensaa força de vontade. Eliminao sacrifício. E ignora a contagem de calorias, o cálculo do índice glicêmico, o equilíbrio entre carboidratos, gorduras e proteínas, a contagem de pontos e outras “ginásticas mentais” que transformaram o ato de jantar em um problema aritmético digno da Harvard Business School.

Em vez disso, simplesmente coma o que quiser, na quantidade que quiser.

Mas coma apenasdurante uma janelade 8 horas por dia.

E você só precisa seguira dieta algunsdias por semana.

Nos próximoscapítulos, explicarei como o programapode ser fácil.Você vai ficarchocado com pesquisasque mostram como é possíveldiminuir radicalmente o risco de diabetes, doençascardíacas, câncer e até mesmo doenças neurodegenerativas, como Alzheimer. E vou apresentá-lo aos 8 alimentos que devem ser ingeridos todos os dias, só para garantir que você obtenha todos os nutrientes pelos quais seu corpo anseia. (Não se preocupe, você provavelmente já comeu a maioriadeles hoje! E não há nenhuma bolachade arroz à vista!)

E, ao longo deste livro, você será apresentado a alguns dos homens e mulheres cujas vidas foram transformadas pela Dieta das 8 Horas: pessoas como Morgan Jennings, a mãe solteira que perdeu 7 quilos em 6 semanas, mesmo amamentando: “Foi a dieta ideal para mim”, disse ela. Ou Marisa DeLorenzo, que perdeu 6 quilos em 6 semanas e se sentia com mais energia do que nunca: “Minhas roupas estão me caindo melhor e até meu rosto afinou”, relatou. Ou Billy Long, deputado pelo Missouri que perdeu mais de 1 quilo por semana e quis compartilhar seu sucesso: “Se você conhecesse a Dieta das 8 Horas, ela mudaria sua vida!”

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo